Campos: 100 dias de governo de Wladmir Garotinho

Compartilhe esta matéria!
11 de abril de 2021
Escrito por: Redação

A luta no enfrentamento à Covid-19 tem sido um dos grandes desafios do prefeito Wladimir Garotinho, que completa neste sábado (10), 100 dias de governo. Neste período, a atual administração também teve conquistas como a reabertura de duas Unidades Básicas de Saúde, pagamento em dia dos salários dos servidores, incluindo os pagamentos de dezembro; criação do Programa Amigo da Cidade, entre outras ações que visam dar ao município uma nova  realidade. A atual gestão também trouxe novos recursos de emendas parlamentares; está incrementando a Agricultura, uma das principais vocações do município, com o plantio de culturas e o lançamento do Programa “Estradas do Produtor”. Logo nos primeiros dias, foram realizados mutirões de limpeza e de recuperação vias em vários pontos, o que está deixando Campos uma cidade mais limpa e bonita. 


Medidas de contingenciamento das despesas públicas e a criação de um novo organograma com redução de cargos comissionados também foram adotadas para que a prefeitura pudesse cumprir os compromissos. Nestes 100 dias, também, foi lançado o Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) em parceria com universidades e órgãos municipais e foi criada a nova lei da regência para professores que atuam na modalidade de aulas não presenciais.  Também vem sendo realizado um amplo trabalho de reposição de lâmpadas para deixar a cidade mais iluminada e, ainda, aumentar a sensação de segurança da população.  


O Prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado do Vice-Prefeito Frederico Paes, vem reforçando a parceria com os hospitais contratualizados e efetuando os repasses em dia às 13 instituições.  Além dos hospitais públicos, como os hospitais Ferreira Machado e Geral de Guarus, dão importante suporte à saúde do município a Santa Casa de Misericórdia, Beneficência Portuguesa, Hospital Plantadores de Cana e Hospital Escola Álvaro Alvim, além de clínicas e laboratórios.  


Ainda na saúde, foram retomadas em março as cirurgias realizadas no Centro de Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais (CAOPE), que estavam suspensas há três anos, e inaugurada a Sala de Acolhimento para pacientes atendidos pelo Programa de Tratamento Fora do Município, que passaram a ter um espaço com cadeiras, banheiros e a segurança na Guarda Civil Municipal (GCM), antes de seguirem para o atendimento fora da cidade. Em abril, foi inaugurada a reforma do setor de Tisiologia do Hospital Ferreira Machado, que conta com sete leitos, passando a oferecer um ambiente mais digno aos pacientes com tuberculose que precisam ficar internados em sistema de isolamento para o tratamento de casos mais graves da doença. A reforma do Hospital Geral de Guarus chegou a ser anunciada, mas teve que ser adiada devido a agravamento da pandemia. 


As obras do Restaurante Popular, importante equipamento social e de segurança alimentar, foram iniciadas para que o mesmo possa atender a população mais vulnerável assim que a fase de retomada das atividades econômicas e sociais permitir pois, no momento, a atual fase de restrição impede o funcionamento do espaço, que também promove a inclusão.  “Lançamos a Vacinação Solidária, uma campanha para arrecadar alimentos para as pessoas em situação de vulnerabilidade. Tem muita gente passando fome nesta pandemia. A população não é obrigada, mas se puder, doe um quilo de alimento. Quem já se vacinou e sentir o desejo de contribuir, doe também”, disse o prefeito Wladimir Garotinho, que também está acompanhando a assistência oferecida à população em situação de rua  e estuda medidas para ajudar a economia do município.  


Na política de assistência às mulheres, o prefeito Wladimir Garotinho criou a Subsecretaria Municipal de Políticas para Mulheres, que instituiu o Dia Laranja, marcado todo dia 25 para o enfrentamento à violência contra a mulher e, também, já foi anunciada parceria para instalação do Centro Especializado de Atedimento à Mulher (Ceam) no município, completando a rede de proteção. A Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ) iniciou cursos on-line de Gastronomia e Informática para adolescentes, além de ter recebido doações de móveis e eletrodomésticos, além de roupas de uma grande rede de lojas. Esses parceiros ganharam o selo Amigo da Fundação. Os acolhimentos institucionais também tiveram as despensas e as farmácias abastecidas para atender às crianças e adolescentes. 


Nestes três meses, o Projeto Justiça Itinerante foi retomado, uma parceria do Tribunal de Justiça (TJ-RJ) com a Prefeitura de Campos; implantado o primeiro consultório móvel do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que teve a primeira parada no Farol de São Thomé. O trabalho de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya também vem sendo realizado com visitas domiciliares dos agentes de endemia. 
COVID – Campos já vacinou cerca de 60 mil pessoas e, além de vacinas, o município também vem ampliando o número de leitos clínicos e de UTI, viabilizando medicamentos como o “kit intubação” e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os profissionais de saúde. Nesta sexta-feira (09), o prefeito recebeu mais 11.500 doses da vacina contra a Covid e anunciou a abertura de novos leitos: serão mais 10 de UTI e, na semana que vem, outros 10,  somados aos 10 leitos abertos na semana passada. Em 15 dias, Campos conseguiu abrir 30 novos leitos de UTI. Na última semana, foram abertos 13 leitos de clínica médica e, na próxima, serão mais 49 novos leitos de clínica médica, totalizando em duas semanas a abertura de 62 novos leitos. 

Fonte: PMCG / Foto Reprodução