Diálogo é a marca da nova legislatura da Câmara de Vereadores de Campos

Compartilhe esta matéria!
26 de abril de 2021
Escrito por: Redação

À frente da presidência da Casa de Leis, o vereador Fábio Ribeiro, diante a vasta experiência com o bem público, vem desenvolvendo um trabalho em que a população é a prioridade nos atendimentos aos serviços públicos. Em entrevista ao Campos Agora, o parlamentar pontuou projetos de lei importantes, entre eles, a aprovação a contribuição previdenciária dos servidores de 14% que tem proporcionado a atual gestão do Executivo a colocar em dia os salários dos servidores públicos municipais. De acordo com Fábio Ribeiro, a transparência na Câmara tem sido um dos principais pontos do seu mandato, e que, segundo ele, vem sendo mantida de forma rigorosa.

Campos Agora – Quais principais foram as principais ações realizadas nos três primeiros meses deste ano?
Fábio Ribeiro – No dia primeiro de janeiro de 20215, 25 vereadores tomaram posse e fizeram um juramento: fazer o bem comum à população de Campos. E é neste sentido que estamos caminhando. Neste primeiro trimestre deste ano já foram vários debates, discutimos e aprovamos leis importantes, como, por exemplo, a decretação do estado de calamidade financeira de Campos, possibilitando arrecadação de receitas para o município, tanto do Governo do Estado quanto do Governo Federal. Aprovamos a contribuição previdenciária dos servidores de 14% que tem proporcionado a atual gestão do Executivo a colocar em dia os salários dos servidores públicos municipais.

Campos Agora – A Câmara também aprovou, por unanimidade, a lei que prevê multa para quem furar fila da vacinação contra Covid-19 e que já está valendo em todo território municipal, após sanção do prefeito, Wladimir Garotinho. Como o senhor avalia esta lei?
Fábio Ribeiro – Considero esta lei muito importante para estar coibindo no nosso município àquelas pessoas que estiverem furando filas nos postos de vacinação. Estas pessoas devem entender e compreender que há critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde e que devem ser obedecidos. A lei prevê multa de R$ 25 mil para agente público que descumprir as regras de prioridade estabelecidas pelas autoridades sanitárias, mas entendemos que a esta lei vai muito mais do que somente uma multa. O que queremos é que as pessoas compreendam que temos que seguir critérios até que toda a população seja vacinada.

Campos Agora – Quais são as principais metas a serem atingidas nos próximos dois anos?
Fábio Ribeiro – Mesmo diante aos cuidados que devemos ter devido a pandemia da Covid-19, a nossa meta é sempre manter o diálogo com os campistas para que possamos atender os seus anseios. Encontramos uma cidade arrasada e tínhamos uma Câmara em que a maioria dos vereadores visava os interesses próprios. Agora está sendo diferente e será diferente. Não podemos mais deixar a nossa população à margem e esquecida.

Campos Agora – Sabemos que a Casa de Leis deve sempre estar aberta ao povo. Como tem sido a relação do Legislativo com a população?
Fábio Ribeiro – Infelizmente a Câmara não está aberta para a população devido ao coronavírus, pois temos que manter os protocolos sanitários, mas estamos buscando caminhos para manter a população mais próxima do Legislativo. Estamos transmitindo, através da TV Câmara, as nossas sessões plenárias e lá a população pode participar, encaminhar demandas, perguntar para não perdermos esse diálogo de que deve ser aberto.

Campos Agora – A transparência é um fator que já vem sendo pensado pela atual gestão?
Fábio Ribeiro – Sem sombra de dúvida. Por isso que temos TV Câmara para que a população tenha ciência e conhecimento dos projetos que são debatidos, discutidos, colocados em pauta e aprovados. Também estamos com outros canais abertos nas redes sociais que podem ser acompanhados pela população, sem falar que mantemos o nosso Portal da Transparência rigorosamente em dia.

Campos Agora – Como tem sido a relação do Legislativo com o Executivo, que também completou 100 dias?
Fábio Ribeiro – Temos que reerguer a nossa cidade e só será possível através de diálogo. E assim tem sido o nosso trabalho com o Executivo, que tem estado de portas abertas não só para os vereadores da situação, como também de oposição, pois agora é o momento de pensarmos juntos a nossa cidade, a cidade que a população tanto almeja, com ruas limpas, sem buracos, com saúde, educação. Nosso papel é de fiscalizar e estamos sempre atentos às ações do governo para que possamos também cobrar respostas para o nosso povo. Eu sempre digo aos críticos que continuem nos criticando, pois assim nos fortalecemos ainda mais em atender ao nosso povo que nos deu a oportunidade de servir ao nosso município.

Fonte: Redação / Foto Reprodução