Imagens apontam que lenda do ciclismo usava motor em bicicleta

Compartilhe esta matéria!
11 de abril de 2021
Escrito por: Redação

Jean-Pierre Verdy, chefe da Agência Francesa Antidopagem entre 2006 e 2015, acusou o americano Lance Armstrong em seu livro “Dopage: Ma guerre contre les tricheurs” de usar um motor em sua bicicleta, o que teria melhorado seu desempenho nas sete vitórias no Tour de France, títulos que perdeu após admitir que havia consumido drogas.

De acordo com Verdy, Lance Armstrong é uma grande farsa e recebeu tratamento especial em todos os níveis. “Disseram-me para não investigar porque ia ficar sozinho, mas acho que tinha motor na bicicleta”, aponta.

Verdy se lembrou da superioridade de Armstrong na montanha. “Após o final de uma etapa, chamei todos os especialistas que conheço e ninguém explicou o desempenho”, destacou.

As palavras adquiriram ainda mais significado com a análise de vídeos do ciclista texano no Tour. É possível ver um gesto ‘estranho’ e repetitivo do atleta. Ao colocar a mão atrás do selim, no que parece com a intenção de acionar um botão, Armstrong sempre aumentava a velocidade.

Fonte: IG / Foto Reprodução