Somos seres que vivemos em relações. Sejam boas ou não tão boas assim. Esse convívio interfere diretamente no nosso equilíbrio.

Fazemos associações, físicas, mentais e emocionais, e com isso, damos a quem nos associamos o poder de nos ajudar ou atrapalhar!!

Cabe a cada um, fazer uma reflexão do seu dia e analisar cada passo que foi dado. Investigando cada associação que foi feita e quando necessário, desfazer aquela que não nos acrescenta e nem acrescentamos.

É preciso buscar a sabedoria do equilíbrio e distinguir o que é bom do que não é. A realidade está bem diante dos nossos olhos, mas se ficar fugindo dela, viverá de ilusão. E cedo ou tarde ela se destruirá!

Se não puder ajudar quem anda por caminhos tortos, se afaste. Pois é já que não tem a força necessária para ajudá-la a mudar de caminho, é muito provável que ela possa te arrastar com ela.

 

Texto: Luís Henrique
Foto: Reprodução Internet