Geralmente as pessoas que se dedicam a fazer o bem pelo seu semelhante, acabam querendo aconselhar, como se elas mesmas fizessem tudo o que pedem para que o outro faça.

Muitas vezes, até tomados de boa intenção, falam como se tivessem uma grande propriedade no que estão falando, mas na prática, suas ações não atestam o seu discurso.

Quando a boca fala daquilo que a pessoa não faz, e nem ao menos se esforça para fazer. Esses são aqueles que o Cristo chamou de falsos profetas e hipócritas.

Ditam regras que não cumprem, mas oprimem os mais fracos para que façam o que foi dito. Apontam o dedo para a fraqueza alheia e não consegue se ver na mesma situação daquele irmão.

Seja sempre prudente, coerente e compreensivo. Não deixe que lhe falte a compaixão para com a dificuldade alheia.
Muito mais importante que uma palavra, é a autoridade moral de quem a pronuncia.
Muito mais importante que um conselho, é uma oração sincera.
Muito mais importante que ditar um caminho, é se colocar humilde e convidar para caminhar junto.

 

Olá meus amigos, um prazer estar de volta trazendo pra vocês textos que vão nos fazer refletir. Quero deixar claro, que esta não é uma coluna sobre religião, é um espaço de mensagens positivas recolhidas através de meus estudos. Tenho certeza que juntos teremos muito a aprender. Espero que tenham gostado. Até a próxima.

FOTO:Reprodução Internet