Com a chegada do outono e do inverno, as temperaturas costumam baixar muito. E, nessas horas, não são apenas os seres humanos que sentem frio, mas os animais também. A sensibilidade ao calor e ao frio depende muito do tipo de pelagem do animal. Nesse caso, os cães de pelagem curta são os mais afetados.

Os caninos podem apresentar sintomas muito parecidos com o resfriado humano, como tosses, espirros, febre e falta de apetite. É possível verificar se um cachorro está sentindo muito frio verificando a temperatura de suas orelhas (principalmente nas pontas). Quando eles estão com febre, o focinho fica quente e seco.

Uma doença muito comum nessas estações é a tosse dos canis.

Para amenizar as chances de o seu pet ficar doente, siga algumas instruções:

– Não tose a pelagem do seu pet nos meses de outono e inverno

– Diminua a frequência dos banhos no inverno

– Use água morna para lavá-lo

– Ao final do banho, seque-o bem

– Evite dar banhos nele nos dias mais frios

Ao anoitecer, prepare sempre um cantinho aconchegante para o seu pet dormir. Um tapete ou um pano são ótimas opções para protegê-lo. Para os cães que dormem em “casinhas”, verifique se o local não estará úmido por causa de chuvas, por exemplo.

Os cães de rua também sofrem com o frio. Porém, por estarem “acostumados” com o ambiente, possuem mais facilidade em encontrar opções para se aquecer.

Embora alguns veterinários indiquem proteger os pets com “roupinhas”, esse uso pode apresentar alguns riscos à saúde dos animais de estimação como hipertermia (elevação das temperaturas do corpo), alergias, ácaros e bactérias.

Os animais de pelagem longa e acima do peso não precisam do uso de roupas, pois esses dois fatores já mantêm o corpo aquecido. Os cãezinhos de pouco pelo, caso estejam – realmente – com muito frio, pode-se usar roupas moderadas. No entanto, o mais recomendado é que se deixe o animal livre, preparando apenas um cantinho para ele na hora de dormir, evitando deixá-lo em ambientes abertos ou úmidos.

 

 

 

Colunista: Josy Alves (jornalista)
Fonte: PetCare
Foto: Reprodução Internet