A Prefeitura de Campos, através da Secretaria Municipal de Governo, está reorganizando a estrutura do Centro de Referência de Doenças Imuno-infecciosas (CRDI) para oferecer melhor atendimento à população, que busca o diagnóstico das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti – dengue, zika e chikungunya. Em uma ação conjunta com as demais secretarias, estão sendo instaladas nesta quinta-feira (16/05) bases de apoio, bebedouros e cadeiras, entre outros equipamentos para o acolhimento.

Segundo o secretário de Governo, Alexandre Bastos, além do trabalho específico para melhorar o espaço de atendimento, outras pastas já vêm atuando pontualmente nas ruas no combate ao mosquito, como a Superintendência de Postura, a de Limpeza Pública, os agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), secretaria de Desenvolvimento Ambiental e os supervisores do Governo, dentre outras.

— Pela orientação do prefeito Rafael Diniz, entramos em contato com o diretor do CRDI, Luiz José de Souza, e colocamos à disposição todas as pastas do município para que auxiliem nas necessidades para o aperfeiçoamento de toda parte estrutural. Com isso, conseguimos ampliar o espaço para os munícipes que o buscam o CRDI — disse o secretário Alexandre Bastos.

A superintendência de Entretenimento e Lazer disponibilizou estruturas que vão ampliar o espaço de atendimento. “São quatro salas, que estão sendo montadas anexas ao CRDI, feitas de estruturas de octanorm, tipo camarim coberto e climatizado. Serão duas salas para atendimento médico, uma sala de enfermagem e outra destinada para ser o espaço para hidratação com oito cadeiras”, relatou o superintendente adjunto Fabiano Gomes.

 

 

 

 

Fonte e Foto: Supcom PMCG