O Diário Oficial do Município traz publicado, nesta sexta-feira (13/03), decreto seguindo diretrizes da Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde e que estabelece medidas que poderão ser adotadas para enfrentamento do coronavírus. Estes procedimentos complementarão as ações já adotadas pelo município, através da Secretaria de Saúde, e consideram o estabelecimento, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), do estado de pandemia pelo coronavirus. Em Campos, não há nenhum caso confirmado da doença até o momento.

De acordo com o Decreto, assinado pelo prefeito Rafael Diniz, poderão ser adotadas medidas, caso seja necessário, como isolamento, quarentena, exames médicos, vacinação, entre outros. E também estabelece medidas conjuntas de várias secretarias para prevenção e controle da doença.

Ações anteriores — A Vigilância em Saúde da Prefeitura de Campos vem se reunindo, desde início de fevereiro, com representantes dos hospitais das redes pública, particular e contratualizada para definir o protocolo de acolhimento, atendimento, tratamento e precaução, para eventuais casos de pacientes com suspeita da doença. No dia 02 de janeiro, o departamento de Vigilância em Saúde promoveu capacitação para profissionais que atuam nos Hospitais Geral de Guarus e Ferreira Machado e também nas Unidades Pré Hospitalares (UPHs), Unidade Básica de Saúde (UBSs), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Corpo de Bombeiros, sobre o atendimento de possíveis pacientes com Coronavírus, no auditório da Sociedade Fluminenses de Medicina e Cirurgia.

No último dia 05, a Prefeitura de Campos participou de uma mesa redonda sobre coronavírus organizada pela Sociedade Fluminense de Medicina de Campos (SFMC). Na ocasião, houve esclarecimentos sobre o protocolo de atendimento a pacientes com suspeita da doença, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde. A Vigilância continua seguindo o mesmo protocolo do Ministério da Saúde, além do treinamento junto aos profissionais da área de Saúde da rede municipal.

Fonte e Foto: Supcom PMCG