A Prefeitura de Campos vai implantar no próximo mês a sinalização turística da cidade com indicativos de acesso para pontos de interesse do município, como atrativos naturais e igrejas, capelas e paróquias antigas. O projeto foi liberado pelo Departamento de Turismo e a licitação acontecerá até o final de maio.

O projeto, realizado em parceria com o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), contará com um pórtico de apresentação de potencialidades na BR-101 próximo à divisa com o Espírito Santo e 34 pontos de sinalização, como os acessos, em Ururaí, para o Morro do Itaoca, e na Tapera e Santa Cruz para Lagoa de Cima, e sentido Farol de São Thomé no trevo das praias, no final da avenida Gilberto Cardoso, entre outros pontos. Além das placas verdes para trânsito, haverá marrons para identificação de locais turísticos. O projeto compreende as placas e as estruturas metalizadas de sustentação, sendo nove delas de maior complexidade, em formato de pórtico.

– Serão mais de 80 placas e as respectivas estruturas que atendem uma demanda do prefeito Rafael Diniz para levar a população com mais segurança a pontos turísticos e de interesse da cidade. Teremos placas em rodovias principais que dão acesso aos pontos de interesse e, também, placas em localidades de Campos, como na estrada de Lagoa de Cima, indicando as comunidades procuradas pelas cachoeiras, por exemplo. E desse total, temos ainda 19 que informam nomes de igrejas, capelas e paróquias, incluindo a Catedral do Santíssimo Salvador e o Convento – exemplificou o diretor de Turismo, Hans Muylaert.

A sinalização turística será custeada via verba de emenda parlamentar da deputada Soraia Santos. O projeto já está aprovado pela Caixa Econômica e a licitação deve acontecer já neste mês de maio, com o início da instalação das placas prevista para as semanas seguintes.

 

 

 

 

Fonte e Foto: Supcom PMCG