Olha que relação interessante: A Leoa socializa, cuida dos filhos e caça! Se for preciso, ela luta contra outros leões por seus filhotes. Ela teria todos os motivos do mundo pra ficar puta da vida quando dizemos que o Leão é o Rei da Selva!
A e tem mais: quando ela caça, o PRIMEIRO a se alimentar é o Leão líder daquele grupo.. depois as leoas e por último os filhotes!

Neste caso, diferente dos lobos como vimos no outro post, os leões entendem que se eles estiverem mal alimentados, não poderão cuidar de seu território e de seus filhotes. Não poderão caçar e trazer mais alimentos.

A Leoa poderia resolver tudo sozinha? Ela poderia abrir um chamado para reclamar seus direitos?
Por quê ela não poderia ser chamada de Rainha da Selva?
Por que ela caça e deixa o Leão comer primeiro?

Vocês acham que ela tem baixa auto estima? Se tivesse estaria reclamando seus direitos rs.
Nesta relação cada um ocupa seu lugar! A Leoa SABE que pode contar com o Poder Pessoal do Leão para proteger a todos. Ela sabe a Fama que o Leão carrega e respeita isso, tira proveito disso!

Todos entendem suas capacidades e se respeitam! Cada um faz sua parte e tudo FLUI. Poderíamos ver um grupo apenas de Leoas, mas geralmente, não é o que vemos! Elas SABEM que poderiam se virar sozinhas, mas elas ESCOLHEM compartilhar! Ninguém é obrigado a nada, mas quando decidimos trocar, compartilhar e dividir, crescemos!!!
Como diz Arly Cravo: Quando o poder entra pela porta, o amor sai pela janela! É bem isso!
Nossas dores interiores, medo e baixa auto estima nos faz querer mostrar ao mundo que somos mais que outro, que fazemos mais, etc..

O que ganhamos com isso? Se a contra partida não está sendo DIGNA, porquê não trocar de parceiro? Se a contra partida vale a pena, porquê se preocupar em provar quem faz mais ou menos?!

É pra pensarmos e muito! Vemos homens e mulheres brigando para ver quem toma a coroa de Majestade no relacionamento… o que se ganha com isso?

Se você se sente sobrecarregado, SOLTE e lide com as consequências ou faça amorosamente!

Mais amor e menos controle! Mais amor e menos dor! Mais pra dentro e menos fora!

 

 

Texto: Luís Henrique/Paula Gasparini
Foto: Reprodução Internet